3 investimentos que rendem mais que a poupança e com a mesma segurança

Está em busca de um investimento que rende mais que a poupança? Neste artigo, apresentaremos diversas opções. Elas oferecem a mesma segurança, mas trazem o adicional de garantir melhores rentabilidades.

Contudo, para entender os motivos que fazem essas alternativas serem inteligentes, é preciso compreender as condições por trás da caderneta. Se você deseja se informar e otimizar suas aplicações, continue a leitura!

Como funciona o investimento na poupança e por que não investir nela?

O primeiro passo na hora de encontrar uma opção que rende mais que a poupança é entender de que forma ela funciona. Em poucas palavras, a caderneta é uma das escolhas menos rentáveis que você pode oferecer ao seu patrimônio.

O rendimento da poupança se dá de acordo com a Taxa Selic e o comportamento da TR, a Taxa Referencial. Seu cálculo considera 70% do valor da Selic + TR. Em função da Selic estar muito baixa, isso já significa que não é possível esperar grandes lucros. Contudo, outros motivos para não investir na poupança são bastante relevantes.

Um deles é que esse rendimento conta com uma espécie de “aniversário”. Ele só é contabilizado uma vez ao mês — não apresentando liquidez diária. Isso significa que se você precisar retirar o montante antes de 30 dias do último depósito, não contará com o rendimento. Além disso, a poupança limita a quantidade de transações.

O que mantém muitas pessoas atreladas a essa opção é a segurança. Contudo, a seguir, apresentaremos alternativas inteligentes para a multiplicação de seu dinheiro — que permitem que você dê um PLUS em seus investimentos.

Qual investimento rende mais que a poupança?

Seja na hora de construir sua reserva de emergência, seja no cuidado com seu patrimônio, existe mais de uma aplicação que oferece a mesma segurança e melhores rentabilidades. Confira a seguir!

1. Opções do Tesouro Direto

Alternativas como a própria Taxa Selic, por exemplo, já trazem benefícios. Essa é uma opção que rende mais que poupança, pois paga 100% do valor da taxa, enquanto a caderneta leva apenas 70% dela em conta.

Contudo, o Tesouro Direto também oferece o Tesouro Prefixado ou Pós-fixado (com ou sem juros semestrais) e o IPCA. Essas opções contemplam perfis que buscam por segurança e oferecem previsibilidade.

Sendo assim, você saberá quanto resgatará, quando o fará e demais informações que amparam a tomada de decisão. Além disso, é possível contar com a cobertura do Fundo Garantidor de Crédito, o FGC, que garante que você recuperará o investimento caso algum imprevisto tome forma.

2. CDB

Essa também é uma excelente alternativa à poupança. Afinal, ao “emprestar” dinheiro ao banco, ele pagará o montante em questão com juros. Assim como na opção anterior, é possível contar com previsibilidade e segurança. Isso é dito, em especial, pela proteção do FGC.

3. LCI e LCA

Essas aplicações se voltam aos setores imobiliários e do agronegócio. Além de serem seguras, elas têm um rendimento maior do que a poupança e contemplam dois setores que estão em constante expansão, aumentando as chances de bons lucros.

Conforme visto, escolher uma alternativa que rende mais que a poupança é fundamental. Afinal, a depender da inflação, o rendimento do dinheiro investido nela apenas cobrirá a correção, não gerando nenhum ganho. Com outras alternativas em mente, você pode fazer escolhas financeiras verdadeiramente conscientes e alinhadas aos seus objetivos!

Se você deseja investir em uma das opções apresentadas, entre em contato com a CM Capital e.PLUS, tire suas dúvidas e conheça nossa plataforma! Estamos no e-mail, no WhatsApp ou nos números +55 11 2388-0480, +55 11 3842-1122, 0800 770 1170!

Abra sua conta Online grátis

Onde Estamos

Rua Gomes de Carvalho, 1195
4º Andar, Vila Olímpia
CEP 04547-004 – São Paulo, SP

©2020 – CM Capital e.PLUS | Todos dos direitos reservados – Desenvolvido por Apiki