Blog

  • Home
  • Educacional
  • Veja 6 erros cometidos por quem decide investir por conta própria!

Veja 6 erros cometidos por quem decide investir por conta própria!

É muito comum que investidores iniciantes decidam entrar nesse universo sem auxílio profissional. O que também é comum, infelizmente, é que eles façam más escolhas e acabem experimentando alguns prejuízos já de cara. Investir por conta própria é um risco que você não precisa correr.

Existem inúmeras formas de se preparar para entrar no mercado de investimentos, contando com uma ajuda especializada e serviços que realmente possam embasar e apoiar as suas escolhas. Além disso, é interessante que você se prepare para não cometer os principais erros recorrentes nessas situações.

Quer saber quais são os equívocos dos quais você precisa passar longe na hora de começar a investir? Então, continue a leitura deste post!

1. Não conhecer o seu perfil de investidor

O primeiro e mais comum entre os erros cometidos por quem decide investir por conta própria é não conhecer o seu perfil de investidor. Todos nós temos um padrão de comportamento em determinadas situações. Quando estamos sob pressão, agimos diferente de outras pessoas que se encontram na mesma situação.

Isso serve para tudo na vida. Temos um limite de tolerância ao risco, que pode ser bem pequeno ou enorme. Isso significa que suportamos a exposição a situações estressantes melhor ou pior do que outras pessoas.

É preciso ter disposição para ganhar dinheiro na mesma medida em que estamos dispostos a perder. Quanto mais dinheiro você quiser ganhar, mais apto você deve estar a suportar as quedas do mercado — e é essa característica que indica se você é um investidor mais conservador, moderado ou mais arrojado.

2. Não diversificar suas aplicações financeiras

Geralmente, quem decide investir por conta própria esquece de considerar a diversificação da sua carteira como um aspecto importante. Seu avô já deve ter avisado você, lá atrás, para nunca colocar todos os ovos na mesma cesta, não é? Isso também vale para os seus investimentos.

Por mais atrativa que uma aplicação seja, você não deve apostar única e exclusivamente nela, afinal, se algo der errado, você perderá muito dinheiro. Além disso, ter uma carteira diversificada ajuda a amenizar os impactos dos maus investimentos — algo que, inevitavelmente, acontecerá em algum momento.

É importante equilibrar investimentos mais e menos arriscados, de curto, médio e longo prazo, e assim por diante.

3. Tratar investimentos como apostas

Você provavelmente já deve ter pensado em algum momento (ou conhecido alguém que já pensou) que investir no mercado financeiro é algo que depende de sorte. Esse é um dos maiores equívocos cometidos por quem começa a investir por conta própria, principalmente porque sorte não entra nessa equação: bons investimentos são frutos de muito estudo.

Para se dar bem nas suas aplicações, você precisa aprender sobre elas, descobrir como cada uma se comporta, quais são os fatores que interferem nos preços, qual é o histórico das companhias envolvidas, além de outros aspectos. Em muitos casos, ainda são desenvolvidas técnicas mais aprofundadas de análise de mercado, portanto, trata-se de preparo, e não de sorte.

4. Querer enriquecer em pouco tempo

Quem acredita que os investimentos são um caminho curto, rápido e fácil para fazer dinheiro está muito enganado. Na realidade, essa é a crença que faz com que muitas pessoas cometam erros desnecessários ao investir por conta própria, como entrar em pânico e querer vender todos os ativos sempre que seus preços começam a oscilar no mercado.

Se o seu objetivo é viver de rendimentos, saiba que pode ser necessária uma estratégia de longo prazo para que isso aconteça. Como o próprio nome já diz, ela leva tempo, portanto, é preciso estar ciente que é impossível alcançar uma alta rentabilidade sem estudar o mercado, adquirir experiência e ter muita paciência.

5. Considerar apenas os preços dos ativos

Principalmente quando se investe em ações, o preço é algo decisivo na escolha. Nós poderíamos dizer para você comprar ativos quando o preço estiver baixo e vender quando estiverem caros, mas essa é a receita para o fracasso dos seus investimentos.

Na verdade, você precisa estudar e avaliar a empresa na qual pretende investir, a performance dela ao longo dos anos e o histórico no mercado.

Boas companhias também passam por momentos de crise, e o que interessa é como ela se reergue dessas situações. Mesmo que um ativo esteja baixíssimo hoje, investigue a credibilidade do negócio para saber se vale a pena investir nele.

6. Não ter um planejamento financeiro

Um planejamento financeiro é algo extremamente relevante para a sua estratégia de investimentos. Quando você usa o seu dinheiro para comprar novos papéis, mas não inclui isso nos seus planos, pode acabar precisando do dinheiro com certa urgência. Isso pode prejudicar a sua rentabilidade e forçar você a vendê-lo em um mau momento.

O mais interessante é, antes de qualquer coisa, fazer uma reserva de emergência “salvar” você sempre que necessário. Depois disso, estabeleça metas mensais para poupar e inclua isso como uma “conta” indispensável no seu orçamento, como se estivesse pagando a uma terceira pessoa. Se você tiver objetivos com prazos definidos, não se desfaça das suas aplicações antes disso.

Não importa se você quer investir para garantir uma boa aposentadoria, se quer fazer uma reserva de emergência, se pretende apenas se aventurar no mercado ou se o seu objetivo é qualquer outro. O importante é que você comece a investir o quanto antes, com o apoio de uma equipe que realmente possa elucidar quais são as melhores opções para conquistar os resultados que você deseja.

É extremamente importante contar com o auxílio de uma corretora nesses primeiros passos, pois ela vai ajudar você com os procedimentos e vai dar sugestões, orientação e, dependendo da empresa, até apoio e acompanhamento nas suas aplicações.

A CM Capital pode ajudar você nessa questão. Nós somos uma corretora da bolsa que atua com operações financeiras há mais de 20 anos no Brasil. Nós investimos na nossa qualificação para garantir a você, investidor, a confiança necessária para dar os seus primeiros passos em investimentos financeiros.

Não cometa o erro de começar a investir por conta própria. Se você quer ajuda para montar a sua carteira, converse conosco!

investir por conta própria

Você também pode se interessar por:

Abra sua conta online e grátis