Payroll, inflação, Fed, Banco Central, Política

Resumo da semana: Ibov tem montanha-russa com cenário político

A primeira semana de 2023 começou com baixa liquidez no mercado financeiro por causa do feriado que manteve bolsas de Nova York, Europa e Ásia fechadas. Somado a isso, a falta de indicadores de maior relevância fez com que o investidor brasileiro focasse no cenário político, que ditou a regra para o desempenho do Ibovespa.

Ibov tem montanha-russa com cenário político
Foto: Wilton Júnior/Estadão

Lula assumiu a presidência no domingo. A partir daí, conforme cada um dos 37 ministros assumiam suas respectivas pastas, o mercado se atentava às falas ministeriais que pudessem sinalizar mudanças na política fiscal e nas contas das estatais.

Wall Street retomava os trabalhos de olho na ata do Fomc sobre a última reunião do comitê de 2022 e o primeiro Payroll do ano com os dados do mercado de trabalho americano.  

Segunda-feira de decisões políticas

O investidor brasileiro começou a semana com nova carteira do Ibovespa B3 e com pouca referência externa. Bolsas de Nova Iorque, Austrália, Reino Unido e Japão seguiram fechadas em feriado de réveillon.

Analistas do mercado financeiro continuaram a aumentar a expectativa para a inflação de 2023, 2024 e 2025. O Boletim Focus, do Banco Central, também trouxe uma redução na projeção de queda dos juros para este ano.

Lula fez os seus primeiros despachos. Entre eles, a interrupção do processo de desestatização de várias empresas, como Correios, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Pré-Sal Petróleo e – a mais polêmica – a Petrobras. A reviravolta na desoneração dos combustíveis também pesou muito nas ações da estatal. O presidente voltou atrás e decidiu prorrogar a isenção de tributos federais (PIS/Cofins) por mais dois meses. A reação do mercado foi imediata e o Ibov derreteu no primeiro pregão do ano, com queda 3,06%, na casa dos 106 mil pontos. Neste dia, o dólar rompeu os 3,35 e juros futuros dispararam.

Terça-feira de mais queima do Ibov

O Reino Unido teve seu índice gerente de compras (PMI) industrial divulgado em 45,3, menor do que o esperado. Já o mesmo índice da China também caiu de 49,4 para 49 em dezembro. A redução foi atribuída às medidas de combate à Covid.

No cenário doméstico, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou que vai iniciar a discussão sobre a Reforma Tributária a partir de abril. Segundo ele, isso deve acontecer por steps, a começar pelos impostos indiretos com a criação de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA). O petista disse ainda que, em seguida, o governo deve atacar os tributos diretos, incluindo a taxação de lucros e dividendos, que hoje é isenta.

No mesmo dia, Carlos Lupi assumiu o Ministério da Fazenda e afirmou que desejava discutir uma “antirreforma” da Previdência. Fala repercutiu mal no mercado e, em mais um dia, bolsa desidratou e acumulou queda de 5% e mais de 5.500 pontos queimados em apenas dois dias úteis do ano.

Quarta-feira com ata do FED

Em dia globalmente mais movimentado, o Japão soube da queda de seu PMI industrial de 49, em novembro, para 48,9, em dezembro. Na Alemanha, as atenções ficaram para o índice de Preços ao Consumidor (CPI) que desacelerou da alta anual de 10% em novembro para 8,6% em dezembro, percentual abaixo do esperado pelos analistas do mercado (8,8%).

O destaque da quarta-feira foi a ata do banco central americano, que descartou corte juros em 2023. Em tom hawkish, o documento apontou que membros do Federal Reserve (FED) apoiam taxas mais altas para enfrentar a inflação no país.

No Brasil, Ibov ganhou fôlego com três fatos: representantes do governo descartando desenterrar a Reforma da Previdência; com o indicado por Lula para presidência Petrobras, Jean Paul Prastes, negando a intenção de mudar a política de preços da estatal; e novos ministros defendendo a Reforma Tributária.

Quinta-feira de recuperação do principal índice

Dados sobre mercado de trabalho nos EUA deram sinais de economia aquecida e spoiler do que esperar da primeira divulgação do Payroll de 2023. O setor privado abriu 235 mil vagas em dezembro, segundo do Relatório Nacional de Emprego americano (ADP). A remuneração anual subiu 7,3% em relação ao ano anterior.

No mundo corporativo, Amazon anunciou demissão em massa e Meta, dona do Facebook, recebeu multa milionária da União Europeia. Ações das empresas em Nova Iorque e BDRs no Brasil foram negativamente afetados.  

O discurso de Simone Tebet, nova ministra do Planejamento, animou os investidores brasileiros. “Nesta pauta [econômica], nós temos divergências”, disse a senadora, sinalizando que será o ponto de equilíbrio do atual governo. Com um clima mais tranquilo no cenário político, o Ibov recuperou parte das perdas do início da semana e fechou com a alta de 2%, aos 107.438 pontos.

Sexta-feira com Payroll

Na sexta-feira, os investidores aguardam a reunião ministerial que o presidente Lula convocou para alinhar o discurso com sua equipe.

No âmbito internacional, a expectativa fica para a divulgação do Payroll. O relatório do mercado de trabalho dos EUA ajudará a determinar a expectativa para o FED.

Veja análise do time de especialistas da CM Capital sobre o Payroll de 06 de janeiro.

VEJA PRIMEIRO NA CM CAPITAL

Não perca o Giro da CM, o web jornal direito ao ponto obrigatório do investidor. De segunda a sexta, às 12h, você acompanha os principais fatos que movimentam o mercado financeiro, com o termômetro das bolsas pelo mundo e o desempenho das ações em tempo real. Assine nosso canal do Youtube.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.