Blog

China no Mercado de Minério de Ferro: saiba a importância

A China tem grande impacto nas importações mundiais do minério de ferro, em virtude de grande demanda no país. Nesse artigo, você poderá entender como se dá essa situação.

A CM Capital tem vários artigos informativos como este. Acesse nosso blog e saiba mais.

Do Minério a Commodity: O Processo de Extração do Minério de Ferro

Entre as commodities de maior importância para a economia moderna está o minério de ferro. As grandes mineradoras extraem o minério da natureza. Após passar por todo um processo, que vai desde o transporte pós extração, passando por britagem e separação, o minério de ferro finalmente chega as usinas siderúrgicas. Lá é feito um novo processo da qual se obtém o ferro e o aço. Devido a suas aplicabilidades, tanto o ferro quanto o aço desempenham papel fundamental para as economias modernas. Dessa maneira, tem utilização na construção civil, mercado automobilístico, eletrodomésticos e assim por diante.

A extração do minério de ferro depende da distribuição geológica, a qual está concentrada principalmente no Brasil e na Austrália. O Brasil possui mais de 15% da produção mundial de minério de ferro. Com a Austrália, ambos detêm mais de 80% das exportações mundiais, e desse modo, dominam o mercado no lado da oferta. Pelo lado da demanda, a China é absoluta, assim sendo responsável por mais de 75% das importações mundiais de minério de ferro, impulsionada pela sua atividade doméstica, especialmente por suas siderúrgicas.

A Importância do Minério de Ferro Para a Economia Brasileira

         O minério de ferro tem importante papel na economia Brasileira, sua exportação contribui para o equilíbrio da balança comercial. Segundo o IBRAM, em 2020, a mineração brasileira foi responsável por mais 60% do saldo positivo da balança comercial, com o minério de ferro representando mais de 66% do faturamento do setor. Além disso, ainda de acordo com o IBRAM, 1,9 milhões de empregos tem relação direta e indireta com o setor de mineração. No primeiro semestre de 2021, a participação do setor de mineração na balança comercial cresceu. Ou seja, representou mais de 50% do saldo comercial, com o minério de ferro sendo responsável por 72,2% do faturamento total do setor.

Ademais, o minério de ferro vem ganhando participação no PIB do Brasil, desde 2015 a sua participação cresce exponencialmente, chegando a mais 1,6% do PIB brasileiro em 2020, conforme representado no gráfico.

O Mercado de Minério Ferro e a China

         A cada 4 toneladas de minério de ferro importados no mundo, 3 vão para a China. A demanda de aço corresponde a 90% da demanda de minério de ferro, com o protagonismo das siderúrgicas chinesas. O mercado de minério de ferro está intrinsecamente ligado a atividade da China, em especial ao setor imobiliário, o qual tanto o ferro quanto o aço desempenham papel fundamental. Utilizando-se de crédito barato, as maiores construtoras do mundo se desenvolveram na China, fazendo do setor um dos mais aquecidos do país, com sua dinâmica doméstica reverberando sobre os mercados mundo a fora. Ou seja, quando olhamos para o minério de ferro, devemos olhar para o mercado imobiliário Chinês.

A Crise no Setor Imobiliário na China

         Sendo um dos setores mais ativos e representando cerca de 25% do PIB Chinês, de fato o setor imobiliário tem grande protagonismo na economia local. Tal protagonismo chama a atenção de investidores, fazendo do setor um dos principais alvos da especulação financeira. Especulação que fez com que os moradores do país pagassem um dos maiores preços pela moradia em comparação com outras economias desenvolvidas.

         Com o objetivo de diminuir os riscos financeiros do setor e levar a cabo uma meta de combate a desigualdade, o governo chinês, a partir do final de 2020, iniciou uma série de regulamentações sobre o setor imobiliário. As restrições de crédito estão entre elas.

A nova política chinesa atingiu em cheio as grandes construtoras, gerando um forte risco de inadimplência no setor, como foi o caso da construtora Evergrande. Como resultado, gerou-se um clima de incerteza quanto a demanda do setor por commodities, entre elas o minério de ferro, que no ano de 2021 viu seu preço sofrer com diversas quedas.

         Em vista disso, caso as grandes construtoras se adéquem a nova política de restrição de crédito do governo chinês, podemos esperar que a demanda do setor se recupere no médio longo prazo. Porém, caso essa adaptação não aconteça, a perspectiva para a demanda continuará incerta. Há a possibilidade de, caso o setor continue apresentando risco de inadimplência, o governo chinês intervenha, financiando a dívida das construtoras. Nesse caso, a tendência seria de que o preço do minério de ferro subisse.

Você também pode se interessar por:

Abra sua conta online e grátis