Ranking de fundos de investimento | Dezembro

Com o objetivo de oferecer um direcionamento a CM Capital criou o Ranking de Fundos de investimento, onde buscamos, através de dados estritamente quantitativos, apresentar os fundos que se destacam em cada uma das principais classes: Renda Fixa, Multimercado e Ações.

Muitos investidores têm frequentemente buscado mais independência em suas decisões de investimentos e por vezes, devido à falta de experiência ou informações, acabam montando carteiras ineficientes.

Além da separação por classes, o Ranking de Fundos de investimento categoriza os 10 fundos que apresentam os maiores resultados nos indicadores: Índice Sharpe, Alfa e Rentabilidade. A partir de uma base de 300 fundos, que são disponibilizados em nossa plataforma. A janela de observação dos indicadores é dos últimos 12 meses.

Abaixo disponibilizamos uma tabela com os principais índices de referência aos quais, no geral, os fundos têm por objetivo superar.

Benchmarks dos fundos

Viés econômico

O FOMC decidiu manter a taxa de juros dos Estados Unidos no patamar de 5,50%, reforçando a hipótese de que a instituição encerrou o ciclo de aperto monetário no país. A decisão de manutenção era esperada pelo mercado, de modo que as atenções dos agentes estavam voltadas para o teor do comunicado.

Nesse sentido, levando em conta que a instituição, em alguns trechos do texto divulgado, expressou que houve ganhos com o mercado de trabalho, apontando uma efetividade da política monetária, o comunicado foi considerado levemente dovish pelo mercado.

Todavia, uma semana após a reunião, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, tratou de balizar as expectativas dos agentes, dizendo que, a instituição segue atenta à evolução dos dados, e que, caso seja necessário, o comitê retomará a trajetória altista da taxa de juros no país.

Ainda em solo americano, após a decisão do Fomc, foram divulgados alguns importantes dados econômicos no país.

O mercado de trabalho dos Estados Unidos criou 150.000 novas vagas em outubro, resultado acima da expectativa de mercado, cuja mediana das projeções apontava para uma abertura de 180.000 novos postos de trabalho, e também do resultado do mês anterior, que foi de 297.000.

A taxa de desemprego, por sua vez, saiu de 3,8% para 3,9%.  Apesar de o resultado acima do esperado, o fato de haver desaceleração na comparação com o dado prévio, além de os setores responsáveis pela criação de novas vagas não serem, necessariamente, aqueles com maior dinamismo no conjunto da economia, traz uma leitura positiva para o indicador, em termos de condução de política monetária.

Já o Índice de Preços ao Consumidor dos Estados Unidos não registrou variação em outubro, contrariando a expectativa de mercado, que previa uma desaceleração de 0,4% para 0,1% no período.

O núcleo do indicador, que exclui os preços de energia e alimentação, variou 0,2%, ficando marginalmente abaixo da expectativa de mercado, cuja mediana das projeções apontava para a estabilidade do indicador no patamar de 0,3%.

Apesar da queda no comparativo mensal, o comportamento dos componentes do núcleo ainda não sugere um processo consolidado de desinflação em curso, algo que pode ser facilmente comprovado com base na análise dos indicadores mais recentes de atividade, que ainda mostram uma economia relativamente aquecida se considerarmos o aperto monetário colocado em prática até aqui.

Isto, por sua vez, reforça a fala de Powell acerca do acompanhamento dos dados para tomada de decisão dos membros do Fomc. No âmbito doméstico, o Banco Central decidiu, conforme esperado, reduzir a taxa Selic em 0,50 pontos, passando a vigorar no patamar de 12,25%.

Diante dos recentes ruídos em relação à meta fiscal, era esperado alguma sinalização por parte da instituição em relação ao tema. Contudo, na ata da reunião, a autoridade monetária deu maior ênfase ao cenário externo, sobretudo em relação ao aperto monetário nos países desenvolvidos e seu possível impacto nos indicadores domésticos.

Ademais, a primeira quinzenal de novembro contou com a divulgação de uma série de dados econômicos. Na indústria, houve um aumento de 0,1% na produção em setembro, impulsionado pelo setor externo. No comércio, surpreendendo positivamente o mercado, as vendas crescerem 0,6% no mesmo período.

O destaque negativo ficou por conta do desempenho dos serviços, que recuaram 0,3% no mesmo mês, frente á expectativa de crescimento.

Por fim, o IPCA de outubro mostrou um inflação de 0,24%, marginalmente abaixo do esperado pelo mercado. Na composição do indicador, passagens aéreas trouxe a maior contribuição para o índice geral, com os núcleos seguindo um comportamento positivo, em linha com o esperado pelo Banco Central.

TOP 10 | Índice Sharpe

O índice Sharpe é um indicador indispensável para quem está montando uma carteira de fundos e deseja fazer uma comparação entre as opções disponíveis.

Grosso modo este índice traduz a relação entre retorno e risco do fundo, de forma que quanto maior o Sharpe, maior também o retorno diante ao risco exposto, e melhor a qualidade do resultado entregue. Confira o Ranking de Fundos de investimento de acordo com esse índice.

Ranking de fundos de Renda Fixa

Ranking de fundos de Renda Fixa

Ranking de fundos de investimento Multimercado

Ranking de fundos de investimento Multimercado

Ranking de fundos de ações

Ranking de fundos de ações

TOP 10 | Alfa

É muito comum ler em lâminas de fundos que o seu objetivo é entregar retornos acima de um determinado índice de referência (benchmarck). Afinal, qual seria a vantagem em entregar o mesmo resultado?

O alfa é o indicador que, no mercado financeiro, expressa a capacidade de um investimento/estratégia obter lucros acima do seu benchmarck, ou seja, seu excesso de retorno. Confira o Ranking de Fundos de investimento de acordo com esse indicador.

Ranking de fundos renda fixa

Ranking de fundos de Renda Fixa

Ranking de fundos de investimento multimercado

Ranking de fundos de investimento Multimercado

Ranking de fundos de ações

Ranking de fundos de ações

TOP 10 | Rentabilidade nos últimos 12 meses

De forma proposital colocamos por último o ranking de rentabilidade, não por ser menos importante, mas por saber que muitos investidores pautam suas escolhas apenas pelo resultado, o que não é muito saudável, já que esse indicador por si só não traz muitas informações, e pode nos levar a cometer grandes enganos. Confira o Ranking de Fundos de investimento de acordo com a rentabilidade.

Ranking de fundos de renda fixa

Ranking de fundos de Renda Fixa

Ranking de fundos de investimento multimercado

Ranking de fundos de investimento Multimercado

Ranking de fundos de ações

Ranking de fundos de ações

Pontos importantes:

1º Esse relatório não se trata de uma recomendação, o nosso objetivo com esse material é educar nossos investidores em seus processos de escolha e trazer informações relevantes e atualizadas.

2º Rentabilidade passada não garante rentabilidade futura.

3º Para ter acesso aos documentos essenciais dos fundos acesso o nosso site.

4º Qualquer dúvida fale conosco antes de investir.

Diclaimer

Este relatório foi elaborado pela CM CAPITAL e todos os dados e/ou opiniões apresentados neste material foram elaborados dentro do contexto e conjuntura no momento de sua produção, não deve ser entendido como material publicitário, relatório de análise, consultoria, sugestão de investimento, oferta e/ou recomendação de compra e/ou venda de título ou valor. O material tem como principal objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. A CM CAPITAL, administradores, representantes legais e funcionários não fornece qualquer garantia ou promessa de ganhos ou efetivação financeira, seja nas simulações realizadas através do serviço prestado, seja em qualquer outro investimento ou aplicação financeira realizada. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. A CM CAPITAL não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Toda e qualquer informação contida neste material deve ser confirmada, no tocante as condições de investimento, antes de qualquer negócio. Todas as operações realizadas na CM CAPITAL são executadas pela CM CAPITAL MARKETS CCTVM LTDA., Instituição Financeira autorizada pelo Banco Central do Brasil.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.