PMIs ao redor do globo e Payroll movimentam a agenda da semana

PMIs ao redor do globo e Payroll movimentam a agenda da semana

O começo de outubro tem indicadores importantes para a agenda do investidor, que tem foco nas leituras dos PMIs da Zona do Euro, Alemanha e EUA. Para quem opera, o Payroll pode causar volatilidade nas bolsas mundiais. Vem conferir tudo que o investidor precisa saber essa semana.

Agenda do Investidor 03 a 07/10
Agenda do Investidor 03 a 07/10

Segunda-feira

A semana começa antes das aberturas do mercado brasileiro, com os PMIs Industriais da Alemanha, Zona do Euro, EUA e Brasil. Na Alemanha, a atividade da indústria teve a 6ª retração seguida, chegando a 47,8, enquanto os números da Zona do Euro atingem o menor nível em 27 meses, ficando em 48,4.

A queda também aconteceu no Brasil, onde o PMI industrial desce a 51,1 em setembro.

No meio da manhã chega o resultado do PMI Industrial dos EUA, que superou a expectativa do mercado e subiu de 51,5 em agosto para 52.

No Brasil, a manhã começou com o Boletim Focus, que manteve a tendência de reduzir as expectativas de inflação para 2022 e 2023.

  • IPCA: O relatório aponta para mais uma queda nas expectativas para o indicador nesse ano, passando de 5,88% para 5,74%
  • SELIC: Não apresentou mudanças, mantendo a expectativa para 2022 em 13,75%
  • PIB: Projeção do PIB sobe de 2,67% para 2,70% para 2022. Para o ano que vem a expectativa também sobe de 0,50% para 0,53%
  • DÓLAR: As expectativas para 2022 continuam em R$5,20 pela 10ª semana seguida. O valor também é valido para as expectativas de 2023, caindo apenas em 2024 para R$5,10.

Por aqui também teve divulgação do IPC-S, índice de inflação semanal medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), que registrou um aumento de 0,02% em setembro. A alta do indicador vem após duas leituras de quedas seguidas, em julho (-1,19%) e em agosto (-0,57%).

O indicador teve deflação em quatro categorias (habitação, educação, leitura e recreação, transportes e comunicação) e inflação nas outras quatro (alimentação, vestuário, saúde e cuidados pessoais e despesas diversas).

Além disso foram levantados questionamentos sobre o Credit Suisse, que mexeu com o mercado externo pela manhã.

O banco suiço Credit Suisse, um dos maiores do mundo, enfrenta um momento bem crítico que preocupa os investidores. A instituição está passando por uma sequência de escândalos envolvendo seu braço de investimentos e as ações acumulam mais de 50% de queda no último ano.

O mercado de CDS, que é um derivativo financeiro que indica o risco de crédito vê a probabilidade de inadimplência nos próximos 5 anos de mais de 20%, próximo a superar os níveis vistos na crise de 2008.

O novo CEO do Credit Suisse prometeu apresentar uma nova estratégia de recuperação em 27 de outubro, que deve incluir a redução do banco de investimentos e possivelmente a repartição do banco em 3 frentes, mas o mercado está preocupado.

De acordo com a Bloomberg, o novo plano poderá incluir mudanças “radicais” no banco de investimentos e o corte de milhares de empregos ao longo dos próximos anos.

Terça-feira

O dia começa com mais um indicador de inflação, dessa vez do estado de São Paulo, o IPC-FIPE, que mede a variação do custo de vida das famílias com renda familiar entre 1 e 10 salários-mínimos no estado de São Paulo.

Nos EUA, tem divulgação das Encomendas à Indústria e de Bens duráveis que mede a variação do nível do USD de novas encomendas de fábrica para bens duráveis e não duráveis. É um relatório muito previsível, já que é baseado nas ordens de bens duráveis já anunciadas e de encomendas de bens não duráveis.

A Zona do Euro recebe dados sobre a Inflação ao Produtor (PPI) de agosto, na leitura de julho, o indicador havia avançado 4%, acima da projeção do mercado.

Quarta-feira

Chega a hora de acompanhar os PMIs de Serviços e Composto da Zona do Euro, Reino Unido, Alemanha e EUA.

Por ser um relatório sobre as condições de negócios de empresas privadas no setor de produção e serviços, o PMI é considerado um índice importante entre analistas, sua leitura pode fornecer informações importantes sobre as produção e inflação.

No Brasil os investidores acompanham a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) divulgada pelo IBGE. A pesquisa produz indicadores de curto prazo relativos ao comportamento do produto real das indústrias extrativa e de transformação.

Também teremos o número do Fluxo Cambial Semanal por aqui.

Nos EUA, além dos PMIs, acompanhamos a divulgação do Índice de ISM de serviços e da Balança Comercial.

O ISM de serviços controla a quantidade de atividade não-industrial, que ocorreu no mês anterior. A projeção para a leitura é de 55,1. Lembrando que valores acima de 50 indicam expansão.

A Balança comercial também é um indicador importante para a maior economia mundial, já que indica a diferença de valor entre exportações e importações, sendo o maior componente do saldo de pagamentos do país.

Quinta-feira

Os números de Encomendas à Industria da Alemanha de agosto são divulgados antes da abertura do mercado, às 3h da manhã. O dado é importante já que se refere ao principal setor da principal economia da Zona do Euro.

Em seguida, às 6h, os dados de Vendas no Varejo da Zona do Euro vêm a público, a projeção é de -0,4% na leitura do mês de agosto. Em julho o indicador ficou em 0,3%. A variação de Vendas no Varejo está correlacionada a confiança do consumidor e é um forte indicador do ritmo da economia.

No Brasil, o dia começa com mais um índice de inflação, o IGP-DI, da FGV, que abrange os preços de matérias-primas agrícolas e industriais até bens e serviços para o consumidor final.

As leituras de julho e agosto tiveram deflação de 0,38% e 0,55%, respectivamente. A projeção do mercado é que o índice continue abaixando.

Sexta-feira

Novamente os dados da Alemanha abrem a agenda do dia, com Vendas no Varejo e Produção Industrial sendo divulgados às 3h.

A projeção para a Produção Industrial alemã é de -0,5%, valores menores que esse podem ser considerados negativos para o Euro. Nas Vendas do Varejo, a projeção também é negativa, de -0,4%.

As vendas no Varejo do Brasil também são divulgadas na sexta-feira. Por aqui, o indicador vem de 3 leituras negativas nos meses de maio, junho e julho e com uma projeção do mercado também negativa, em -0,2% para agosto.

O destaque do dia é para o Payroll, relatório de emprego dos EUA, que dita o tom do mercado durante a manhã.

O Payroll mede a variação do número de pessoas empregadas no último mês e ajuda a ter uma melhor visão geral da economia. O valor afeta a volatilidade da bolsa durante o período da manhã, então se você vai operar, vem acompanhar as dicas dos nossos especialistas para se preparar.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.