Gasolina: novo preço começa a valer hoje

A alta dos combustíveis tem sido um grande problema para o consumidor.

A Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou o terceiro reajuste de combustíveis em menos de um mês, que entra em vigor hoje.

A partir de 16/08, o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passará de R$ 3,71 para R$ 3,53 por litro, o que significa uma redução de R$ 0,18 por litro.

Reduções do preço da gasolina

A onda de reduções começou no dia 19 de junho.

Nesse dia, a estatal mudou o preço da gasolina de R$ 4,06 para R$ 3,86 por litro.

Dez dias depois, o litro da gasolina caiu outros R$ 0,15, passando de R$ 3,86 para R$ 3,71.

Gasolina agora, diesel anteriormente

A redução no preço da gasolina não foi a primeira redução realizada pela Petrobras. Também já houve redução do preço do diesel. No dia 4 de agosto, a Petrobras derrubou os preços em R$ 20; no dia 11 de agosto, foi anunciada uma outra redução de R$ 0,22. 

O que muda para o consumidor

De acordo com a Petrobras, essa redução impacta diretamente no bolso do consumidor uma diminuição de R$ 2,70 para R$ 2,57, em média, a cada litro vendido na bomba.

Para essa conta, considera-se a mistura obrigatória de 73% de gasolina tipo A e 27% de etanol anidro para a composição do combustível. É uma baixa de 4,81%

Valores gerais da gasolina esse ano

Embora no mês de julho,  a gasolina tenha ficado em média 15,48% mais barata nas bombas, o acumulado de 12 meses ainda apresentava uma alta de 5,64%.

A gasolina acumula alta de 135,3% em 4 anos. Em 31 de dezembro de 2018, o litro do combustível nas refinarias custava R$ 1,50.

O que gerou a redução do valor da gasolina

A redução nos valores chega após uma mudança na dinâmica de reajustes. Que agora conta com um conselho que supervisiona a política de preços dos combustíveis da estatal. 

Outro ponto relevante é a queda do petróleo no mercado internacional, assim como a valorização do real frente ao dólar.

Há mais uma questão: a aprovação do teto do ICMS, limitado em 17%.

Dessa forma, os valores do combustível caíram mês passado, de acordo com a divulgação do IPCA de julho.

Sendo assim, a Petrobras mantém a política de Preço de Paridade Internacional (PPI), quepe aplicada desde outubro de 2016. A Petrobrás repassa as variações do petróleo no mercado internacional – com cotação em dólar – diretamente ao consumidor brasileiro.

Preço de Paridade de Importação (PPI) 

A política de preços da Petrobras no formado PPI foi implementada no ano de 2016 e compreende a variação dos preços de combustíveis brasileiros de acordo com as cotações do petróleo e seus derivados nos principais mercados mundiais de negociação, como o dos Estados Unidos e do Reino Unido.  Vale dizer que, além do preço internacional da commodity, no cálculo também são considerados o câmbio e os custos de importação.  

Sendo assim, o PPI diz respeito aos custos totais para importação de um produto. Trata-se de uma referência que é calculada com base no preço de aquisição do combustível mais os custos de sua entrega, incluindo transporte e taxas portuárias. 

Petróleo no mundo 

Por mais que exista um desejo, e até a boa vontade, em fazer com que o preço dos combustíveis abaixe, a Petrobras segue à risca o valor do petróleo no mercado internacional, ou seja, os preços acompanham as altas ou baixas do exterior, o que impossibilita a companhia de fugir dessa paridade. 

Mas, então por que os combustíveis estão caindo agora? Vamos recapitular: No início do ano, a commodity disparou com a guerra na Ucrânia e a possibilidade de uma oferta mais baixa do produto, o que fez com que o barril do petróleo alcançasse patamares altíssimos, ultrapassando os US$ 100 o barril. 

No entanto, agora, a commodity volta a sua normalidade, impulsionada por dados fracos de economia e outros fatores, e pousa novamente na casa dos US$ 90 o barril, em média.  

Além disso, o relatório diário da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) indica que o preço dos combustíveis vendidos no Brasil está acima da paridade internacional, o que significa que há espaço para reajustes negativos. 

Gostaria de ter acesso a mais conteúdos informativos? Acompanhe o blog da CM Capital.

Para dar inicio a uma jornada financeira de sucesso, abra sua conta na CM Capital e comece a investir agora mesmo.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.