Liquidez: uma abordagem inicial

A liquidez desempenha um papel central na dinâmica das transações. É o fator que capacita a compra e venda de ativos, oferecendo a perspectiva de ganhos ou perdas.

Embora a sua relevância possa parecer secundária para o trader varejista, para os grandes players, como instituições financeiras, bancos centrais e algoritmos, ela é uma variável de extrema importância que demanda uma análise minuciosa para a execução precisa de estratégias de mercado.

Em um cenário de baixa liquidez, caracterizado pela escassez de compradores e vendedores, as transações tornam-se mais prolongadas, e os preços exibem uma maior volatilidade.

Liquidez: uma abordagem inicial

A importância da liquidez no mercado

A liquidez de mercado representa um pilar fundamental no universo do trading, oferecendo a capacidade de iniciar e encerrar posições de maneira rápida e sem complicações, como se tivesse uma equipe proativa de traders prontos para contrapartida em suas negociações. As implicações? Risco reduzido!

Num ambiente de alta liquidez, as preocupações sobre ajustar o preço do seu ativo para atrair compradores ou pagar um prêmio para garantir posições desejadas tornam-se praticamente nulas.

Isso proporciona uma experiência de navegação tranquila, onde a conexão entre vendedores e compradores é estabelecida facilmente.

Contudo, os benefícios vão além da facilidade de negociação.

A liquidez influencia significativamente o spread oferecido por provedores de negociação alavancada. Um mercado líquido testemunha um influxo de ordens no mercado subjacente, aproximando o preço de compra mais alto e o preço de venda mais baixo—um spread de oferta e demanda mais estreito.

Agora, vamos ao cerne da questão. Como os preços em nossa plataforma derivam do mercado subjacente, um spread de oferta e demanda mais estreito se traduz diretamente em spreads reduzidos em nossa plataforma. É uma situação mutuamente benéfica.

Em contrapartida, em um mercado ilíquido, esteja preparado para um spread mais amplo—uma diferença semelhante a navegar por uma rua estreita versus uma rodovia larga.

Essencialmente, a liquidez de mercado surge como um fator crucial para uma execução de negociações rápida, risco mitigado e spreads de oferta e demanda mais estreitos.

Ela atua como o ingrediente secreto que atrai especuladores e investidores para o mercado. Liquidez, meu colega de negociação, é a peça-chave para o sucesso.

Liquidez como divisora de mercado

No âmbito das negociações, a liquidez classifica os participantes em dois grupos distintos.

O primeiro grupo, composto por instituições financeiras, bancos centrais e algoritmos, detém uma influência predominante sobre os fundos de mercado, já o segundo grupo abarca os traders varejistas.

A manipulação do mercado por parte do primeiro grupo demanda a identificação de compradores dispostos a adquirir ativos nos preços específicos que constituem seus objetivos.

Por exemplo, se a intenção for reduzir o preço em R$10, torna-se imperativo encontrar investidores dispostos a realizar transações a esse preço predeterminado, destacando a necessidade de uma cuidadosa coordenação de estratégias do indicador para alcançar os resultados desejados.

A dinâmica intrínseca ao mercado financeiro é impulsionada pela liquidez, uma força vital que orienta as transações de ativos.

Liquidez do Lado de Venda ou do Lado de Compra

Neste contexto, os traders desempenham papéis estratégicos ao escolherem áreas específicas para comprar ou vender, frequentemente alinhando suas decisões com a colocação de ordens de stop.

Quando um trader inicia uma posição longa (comprada), a prática comum envolve a configuração de uma ordem de stop. Esta ordem, ao ser acionada, não apenas encerra a operação longa, mas também inicia simultaneamente uma operação curta (short).

Este fenômeno, conhecido como “long stop”, contribui para a dinâmica da “Liquidez do Lado de Venda ou Sell Side Liquidity (SSL)”.

De maneira análoga, ao ingressar em uma posição curta, os traders individuais estabelecem uma ordem de stop curta. O acionamento desta ordem desencadeia uma operação longa, resultando no conceito de “Liquidez do Lado de Compra ou Buy Side Liquidity (BSL)”.

Essas decisões de negociação, fundamentadas na colocação estratégica de ordens de stop, automatizam a abertura de operações opostas ao atingir determinados níveis de preço, gerando liquidez.

Este intricado jogo é exacerbado pelo primeiro grupo, composto por instituições financeiras, que consistentemente manipulam os preços para influenciar a percepção dos traders individuais. Criam cenários onde o mercado parece baixista, enquanto, na realidade, buscam acumular posições de compra, e vice-versa.

É imperativo reconhecer que, estatisticamente, mais de 90% dos traders individuais enfrentam perdas financeiras. Em um ambiente de jogo de soma zero, onde o dinheiro é transferido dos perdedores para os vencedores, compreender a dinâmica entre esses dois grupos é essencial para posicionar-se no lado vencedor do mercado.

Na esfera do trading, o grupo perdedor muitas vezes compreende traders individuais, enquanto o grupo vencedor consiste geralmente em jogadores maiores e mais ricos.

O fator crucial que influencia essa dinâmica é a liquidez. Uma compreensão refinada dela capacita os traders a tomar decisões informadas e posicionar-se no lado vencedor do mercado.

Origem do termo liquidez

O termo é derivado de “líquido” e refere-se à facilidade com que os ativos podem fluir ou ser trocados. Em um contexto econômico, ativos facilmente convertíveis em dinheiro são denominados “ativos líquidos”.

Por exemplo, a posse de uma casa pode não ser considerada altamente líquida devido à sua limitada utilidade na compra direta de bens. No entanto, isso pode ser aprimorado por meio da liquidação de ativos, como a venda de uma casa por dinheiro.

Assim, o termo “liquidar” significa a troca de ativos menos líquidos por aqueles mais líquidos, sendo o dinheiro a representação máxima de liquidez. Quando alguém liquida, essencialmente converte ativos em dinheiro.

A relevância desse indicador para os traders reside em seu papel na previsão de movimentos futuros de preços. Embora seja possível operar exclusivamente com base nos níveis de liquidez, isso implica em riscos e lucros potenciais menos atrativos.

Para derivar ideias de negociação de alta qualidade usando o indicador, os traders devem aplicar a análise da estrutura de mercado em prazos mais longos (HTF), considerando blocos de ordens e zonas de Prêmio/Desconto.

Essa abordagem analítica auxilia na compreensão de quais níveis de liquidez provavelmente atrairão a ação do preço, orientando pontos de entrada e saída.

Já se questionou sobre a razão por trás de flutuações de preços substanciais em certos papéis? A resposta está na baixa liquidez, que pode precipitar movimentos bruscos de preços.

Tipos de liquidez

1.     Liquidez Principal: Compreendendo ordens de compra e venda em máximas e mínimas diárias, semanais e mensais. Utilize gráficos semanais, mensais, trimestrais e anuais para visualizar estes dados.

2.     Topos e fundos iguais (EQL e EQH): Denotando máximas ou mínimas significativas.

3.     Range (Movimento Lateral): Liquidez acima de máximas e abaixo de mínimas em uma faixa.

4.     Liquidez de Linha de Tendência: Acumulada em máximas e mínimas atrás de uma linha de tendência, atuando como um ímã para movimentos futuros de preços.

Compreender e aproveitar essas diversas formas de liquidez proporciona aos traders uma vantagem estratégica na navegação pelas complexidades dos mercados financeiros.

Explore a liquidez com a CM Capital

Esse artigo é só o primeiro passo na nossa jornada pelo mundo da liquidez, nas próximas semanas, todas as segundas-feiras, traremos mais detalhes de como entender a liquidez no mercado e utilizá-la nas suas operações.

Reforçamos a importância de compreender esse elemento-chave para o sucesso no trading. Para uma experiência de trading ainda mais vantajosa, não deixe de operar pela CM Capital. Esteja pronto para alcançar o sucesso no mercado financeiro, opere conosco!

Nilson Marcelo é analista quantitativo de investimentos na CM Capital. Trader desde 2010, é um dos pioneiros da análise quantitativa no Brasil, utilizando códigos matemáticos e estatísticos para compreender o comportamento dos papéis da Bolsa. Conheça mais sobre o seu trabalho.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.