Resumo da semana: Bancos Centrais aumentam taxa de juros

Resumo da semana: Bancos Centrais aumentam taxa de juros

A semana foi marcada pela divulgação da taxa de juros na Inglaterra, Zona do Euro e EUA. Além disso também teve muita incerteza no cenário político brasileiro, o que afetou a bolsa de valores e desagradou o mercado.

A mudança na lei das estatais e a nomeação de Mercadante para presidência do BNDS deixou o mercado inseguro com o rumo da economia no próximo governo. Outro fator relevante foi a divulgação da ata do Copom, que também deixou um tom de espera pela política fiscal para reavaliar a situação monetária do país.

Segunda-feira com agenda esvaziada

A semana começa com a atualização do Boletim Focus. A expectativa de inflação para 2022 caiu de 5,92%, há uma semana, para 5,79%.

As expectativas para o PIB se mantiveram em 3,05%. As estimativas para a taxa Selic também foram mantidas em 11,75% para 2023, 8,50%, em 2024, e 8%, em 2025.

Hoje também teve divulgação da Balança comercial, pela Secint, que registrou superávit de US$ 2,33 bilhões em dezembro.

Terça-feira com movimentações no campo fiscal

A manhã começou coma divulgação do Volume de Serviços pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que caiu 0,6% entre os meses de setembro e outubro deste ano.

O dado interrompeu uma sequência de cinco resultados mensais positivos. Nos últimos 12 meses, o Volume de Serviços apresentou a 20º taxa positiva consecutiva, ao avançar 9,5%.

Sob a ótica do nível de atividade, a queda observada neste mês não compromete a contribuição fornecida pelo setor para o crescimento previsto para o PIB.

Ainda aqui no Brasil, tivemos a divulgação a Ata do Copom, o documento mostra insegurança em relação a Política Fiscal do próximo governo e mantém uma postura vigilante e conservadora em relação as políticas futuras. Segundo o documento, “o ajuste monetário já feito parece suficiente para trazer a inflação à metas, mas se a convergência não ocorrer como esperado, por conta dos riscos fiscais, o Copom não descarta mais aperto à frente”

O mercado também operou com instabilidade por conta do anuncio de Aloizio Mercadante para assumir o BNDS. O economista formado pela USP foi ministro de três pastas no Governos Dilma e não agrada o mercado financeiro pelo perfil e pela necessidade de uma alteração na lei de estatais para sua nomeação.

No final da noite de terça-feira o projeto que altera a lei das estatais foi aprovado na Câmara. 

Leia mais: Entenda a repercussão de Aloizio Mercadante no BNDES

Os investidores também ficaram atentos ao Índice de Preços ao Consumidor (CPI) nos EUA. O dado apresentou alta de 0,1%, ficando abaixo do esperado.

FED anuncia taxa de juros na quarta-feira

O Banco Central dos EUA definiu por um reajuste de 50 pontos base na taxa de juros, que passa a vigorar no intervalo de 4,25% e 4,50%. A projeção de queda é apenas para 2024, com a taxa acima de 5% em 2023.

A decisão de aumento da taxa está em linha com os planos de retomar o controle monetário do país e alcançar a meta de de inflação, que deve retomar o patamar de 2% até o final de 2024.

Para os investidores a decisão do Banco Central demonstra uma redução do ritmo de aperto monetário.

Aqui no Brasil teve divulgação do IBC-Br, considerado a prévia do desempenho do Produto Interno Bruto (PIB). O indicador subiu 0,05% em outubro, na comparação mensal. O resultado é abaixo do esperado pelo mercado. Nos últimos 12 meses, o IBC-Br teve variação de 3,13%

E no Reino Unido a inflação ficou abaixo das expectativas de mercado, em 10,7%. O alto preço dos alimentos e energia continuam pressionando a inflação, enquanto o arrefecimento do preço dos combustíveis alivia um pouco o indicador.

Na Zona do Euro a Produção Industrial recuou 2% em outubro, na comparação mensal.

Quinta-feira com decisão do BoE e BCE

Os bancos centrais da Zona do Euro e da Inglaterra elevaram as taxas de juros em 50 pontos base. Segundo o Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra (BoE) o mercado de trabalho segue apertado.

Evidencias da pressão inflacionária nos preços domésticos e salários justificam uma política monetária vigorosa.

Já O Banco Central Europeu (BCE) reduziu ritmo de alta de juros, mas afirmou que ainda aumentará significativamente as taxas com o intuito de reduzir a inflação, que segue elevada e acima da meta.

Saiba mais: Decisão de juros nos EUA, Inglaterra e Zona do Euro

Nos EUA as Vendas no Varejo caíram 0,6% em novembro, assim como as Vendas no Varejo Chinês, que sofreram queda de 0,5%, batendo uma queda anual de 5,9%.

O mercado Chinês também digeriu os dados de Produção Industrial, que desacelerou de 5% em outubro para 2,2%.

Aqui no Brasil os dados de inflação divulgados pela FVG mostrou uma alta de 6,08% de janeiro a dezembro no IGP-10.

Sexta-feira

Alemanha, Zona do Euro e Reino Unido recebem dados do Índice de Gerente de Compras (PMI) que mede o nível de atividade dos gerentes de compras na indústria e nos serviços.

No Reino Unido, o índice avançou de 48,2 em novembro a 49,0 na prévia de dezembro. Na Alemanha o PMI composto subiu de 46,3 em novembro a 48,9 na leitura preliminar de dezembro.

Na Zona Do Euro o PMI também avança 47,8 em novembro a 48,8 na preliminar de dezembro, as leituras continuam abaixo da marca de 50, que separa contração da expansão nessa pesquisa.

Na Zona Do Euro ainda esperamos os dados de Índice de Preços ao Consumidor (CPI)

No fim de semana o foco é a final da Copa do Mundo entre Argentina e França.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.