Agenda da semana: PIB dos EUA e prévia da inflação

Com o natal se aproximando, a agenda dos investidores espera os dados de PIB e inflação dos EUA. Aqui no Brasil a prévia da inflação é o destaque da semana, com o IPCA-15, e o cenário político segue em foco com a repercussão da decisão do ministro Gilmar Mendes de permitir que o Bolsa família fique fora do teto.

Além disso, nessa segunda começou a greve dos pilotos e comissários, que afetou o mercado. O sindicato não entrou em acordo com as empresas sobre reajustes em salários e horários de descanso. A mobilização atrasou voos nessa manhã.

Acompanhe: Com decisão de Gilmar, como fica a PEC?; Greve dos pilotos e comissários

Agenda da semana: PIB dos EUA e prévia da inflação
Agenda de indicadores econômicos da semana

Segunda-feira é dia de relatório Focus

A semana no mercado financeiro só começa depois do relatório Focus, que indicou queda na inflação para esse ano. Segundo o documento, o IPCA deve encerrar o ano acumulado em 5,76%, frente aos 5,79% previstos na semana anterior.

O PIB também foi revisto, apresentando crescimento de 0,79% em 2023, a previsão anterior era de 0,75%. Para esse ano o indicador se mantém em 3,05%.

O investidor brasileiro também recebeu os dados de IPC-Fipe e IGP-M.

A FGV divulgou a segunda prévia do Índice Geral dos Preços (IGP-M), que avançou 0,77% ante a queda de 0,55% na mesma leitura de novembro.

Dois dos três componentes do IGP-M registraram avanço nesta análise. O Índice De Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) subiu 0,32% e O Índice Nacional De Custo Da Construção (INCC-M) avançou de 0,17% para 0,38%.

Terça e quarta-feira de agenda vazia

O meio da semana não apresenta muitos indicadores relevantes para o investidor.

No Japão tem decisão de taxa de juros pelo BOJ e o PBOC da China também se reúne para discutir juros.

A Zona do Euro e os EUA recebem os dados de Confiança do Investidor e na Alemanha, os dados de Clima do Consumidor também são apresentados.

A agenda contará ainda com as contas externas de novembro, com dados da conta corrente e investimento direto.

Leia mais: PEC da Transição derrete Ibovespa e especialistas explicam impactos

PIB dos EUA é divulgado na quinta-feira

O destaque da semana com certeza é o PIB do terceiro trimestre dos Estados Unidos da América, divulgado em meio a um movimento global de aversão ao risco e após uma semana da decisão de juros.

Reino Unido e Espanha também divulgam resultados do PIB do terceiro trimestre.

Após a decisão de juros do Japão na terça-feira, o mercado digere os dados de inflação medidos pelo CPI.

Sexta com prévia de inflação

Com a semana chegando ao fim, os investidores brasileiros digerem os dados de prévia do IPCA, com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), divulgado pelo IBGE. A previsão é que o indicador mostre uma aceleração em relação a novembro.

Nos EUA é esperado o Índice de Preços para Despesas de Consumo Pessoal (PCE) de novembro, que poderá reforçar os receios de recessão com os juros permanecendo na faixa de 5% durante todo o ano de 2023. O indicador é o mais acompanhado pelo Federal Reserve (banco central dos EUA) para tomar decisões de política monetária.

Também é importante ficar de olho na Confiança do Consumidor de dezembro (Michigan), com as expectativas inflacionárias.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.