Agenda da semana: feriado no Brasil e inflação na Europa

Em uma semana mais curta em função do feriado, a agenda de indicadores brasileiros está esvaziada. Ao redor do mundo, a inflação é o foco, países como Reino Unido, Zona do Euro, Japão, Nova Zelândia e Austrália esperam dados de preços ao consumidor e ao produtor.

Já o radar corporativo espera alguns balanços trimestrais. O cenário político deve permanecer sendo foco, em que os investidores acompanham de perto a transição do governo Lula e novas declarações sobre a política fiscal dos próximos anos.

Agenda de indicadores econômicos

Semana mais curta: feriado no Brasil e inflação na Europa
Agenda dos dias 14 a 18/11

Segunda-feira pré feriado

A manhã começa com aos dados de Produção Industrial da Zona do Euro. Ao longo dos dias, a Zona do Euro ainda espera números de PIB, Emprego e inflação, com muito movimento pela frente.

Aqui no Brasil, recebemos o relatório Focus do Banco Central, com as principais expectativas para a economia brasileira. Pela segunda semana seguida, o mercado eleva as projeções de inflação para o ano. A expectativa para o PIB de 2022 também cresce.

IPCA 2022: Passa de 5,63% para 5,82%

PIB 2022: De 2,76% para 2,77%

Logo em seguida, o mercado brasileiro também digere os dados do IBC-Br, que subiu 0,05% em setembro. O Índice de Atividade Econômica é uma prévia do PIB, e retoma seu crescimento após mostrar queda de 1,13% no mês de agosto.

A tarde segue esvaziada de indicadores relevantes para o mercado brasileiro. No período da noite, o movimento é no oriente, com os dados do PIB do Japão.

Além disso, na China temos a divulgação da Produção Industrial, Vendas do Varejo e Taxa de Desemprego. Os dados de Produção Industrial chinês podem dar dicas aos investidores da saúde da indústria no país e o destino das empresas ligadas a commodities.

E no Brasil ainda tem divulgação dos últimos balanços, Ânima, Embraer, Nubank, Localiza, Dasa e Orizon encerram a temporada de resultados do 3º trimestre.

No cenário político, o vice-presidente eleito, Geraldo Alckimin anuncia novos nomes da composição do governo.

Feriado só no Brasil

Enquanto os brasileiros aproveitam o dia da Proclamação da República, do outro lado do globo, no Japão, os dados de Produção Industrial são divulgados.

Na Zona do Euro espera-se os dados de PIB e Emprego, pelo instituto Eurostat.

E em terras americanas, os EUA recebem o índice de Preços ao Produtor, que mede a variação da inflação pelo lado do produtor.

Quarta-feira tranquila

O meio da semana é marcado por poucos indicadores. Nos EUA Vendas do Varejo e Produção industrial marcam a manhã do investidor. São indicadores de menor magnitude, mas que preparam o terreno e a expectativa para os dados de inflação.

À noite, investidores da Nova Zelândia aguardam pelo Índice de Preços ao Produtor.

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, participa da COP 27 e se reúne com governadores de estados que compõem o bioma amazônico para discutir mudanças climáticas.

Quinta-feira é dia de inflação

Brasil, Zona do Euro e Japão recebem os números do Índice de Preços ao Consumidor, o CPI. A previsão é de alta no índice ao redor do globo, tendo em vista o crescimento da inflação global.

Leia mais: Temor de recessão global e o que isso significa para o Brasil

Aqui no Brasil também temos IGP-10, medido pela FGV, para completar os números de inflação. O índice apresentou deflação na última leitura e a projeção é que permaneça nessa direção.

Lula participa e reuniões com a sociedade civil e com o Fórum Internacional dos Povos Indígenas, ainda na COP 27.

Fechando a semana

A sexta-feira chega com poucos indicadores, a agenda brasileira está esvaziada, enquanto Reino Unido recebe dados de Vendas do Varejo.

Nessa semana dividida pelo feriado, o foco tende a ser no cenário político e nos índices externos.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.