Agenda da semana: meta da inflação no Brasil movimenta cenário doméstico

A última semana cheia de janeiro começa com a atualização da carteira da B3, que não conta mais com a presença da Americanas. Em recuperação judicial, o noticiário coorporativo ainda repercute os reflexos do rombo da varejista.

Bolsas da Ásia operam com baixa liquidez por causa de feriado. Ano Novo Lunar começou neste domingo (22) e mantém os mercados de China, Coreia do Sul, Hong Kong e Taiwan fechados esta semana.

A agenda econômica no Brasil será pautada por decisões políticas. Estados Unidos, Japão e Europa aguardam dados importantes. Além disso, a temporada de balanços traz expectativas. Veja a seguir o que será destaque para o mercado financeiro durante esta semana.

Fotos: (Adriano Machado / Folha de São Paulo) e (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Segunda-feira de projeções do mercado

No dia oficial de Boletim Focus, o mercado financeiro manteve a tendência de alta nas projeções para a inflação de 2023 e 2024. Esta é a sexta semana seguida que a estimativa da inflação sobe para analistas que participam da composição do documento do Banco Central. Segundo o relatório, divulgado na segunda-feira (23), as previsões para crescimento, inflação, câmbio e juros em dois anos são:

  • IPCA/23:  de 5,39% a 5,48% (alta)
  • IPCA/24:  de 3,70% a 3,84% (alta)
  • PIB/23:  de  0,77% para 0,79% (alta)
  • PIB/24:  permanece em 1,50%
  • Câmbio/23:  permanece R$ 5,28
  • Câmbio/24: permanece R$ 5,30
  • Selic/23: permanece em 12,50%
  • Selic/24:  de 9,25% para 9,50% (alta)

Confira outras projeções.

No cenário internacional, o mundo observa pronunciamentos do Banco Europeu sobre possíveis indicações de direção da política monetária no futuro. No Japão, saem dados do setor industrial.

Terça-feira: atividade econômica na ZE e EUA

Enquanto o investidor brasileiro espera apenas o IPC-Fipe com resultados que refletem no setor imobiliário, e o IPCA-15 com a prévia da inflação, a agenda macroeconômica estará recheada.

Na Europa, um combo de “Índices de Gerentes de Compras” (PMIs, na sigla em inglês) será divulgado pela manhã. Com destaque para Reino Unido, Alemanha, França e dado conjunto da Zona do Euro.

O que também deve trazer certa volatilidade para as bolsas americanas são os resultados de atividade econômica do país que também serão divulgados na terça-feira. Os últimos PMIs dos EUA têm mostrado uma reação às fracas condições de demanda provocadas pela alta dos juros.

Quarta-feira promete tranquilidade – ou não

Dia com a agenda de dados relevantes mais esvaziada, mas com atenção para commodities. No início da tarde, saem informações sobre o estoque de petróleo brutos nos Estados Unidos.

No Brasil, o investidor acompanha as movimentações políticas sobre a decisão do Conselho Monetário Nacional a respeito das metas para inflação e os bastidores da reta final para eleição dos comandos da Câmera dos Deputados e do Senado – os presidentes serão responsáveis por priorizar os assuntos a serem votados no Congresso, inclusive a pauta econômica.  

Quinta-feira de decisão no Brasil

A reunião do Conselho Monetário Nacional concentrará as atenções do mercado neste dia por causa das falas do presidente Lula acerca do Regime de Metas para a Inflação (RMI). A decisão é tomada por Roberto Campos Neto, Fernando Haddad e Simone Tebet.

Espera-se que Haddad reforce a posição de Lula, enquanto o presidente do Banco Central se mantenha favorável à dinâmica atual. O voto decisivo recairá sobre a ministra do Planejamento, Simone Tebet.

Lá fora, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos divulgam dados sobre o mercado de trabalho. Os investidores também ficam atentos à primeira leitura do PIB trimestral dos EUA. A depender do resultado, os investidores devem aumentar ou diminuir as apostas de um reajuste na taxa de juros mais leve do FONC na semana que vem.

Sexta-feira com foco no exterior

Enquanto o investidor brasileiro digere as decisões sobre o Regime de Metas da Inflação, o americano recebe os dados do Núcleo do Índice de Preços PCE e de vendas pendentes de moradia, outros dois indicadores importantes para a percepção do nível de atividade no país.  Na sexta-feira ainda será a vez da Espanha receber os dados de Produto Interno Bruto.

Acompanhe as notícias pelo nosso canal do Youtube e invista com propriedade estratégia:

Abra sua conta.

Você também pode se interessar por:

Taxa zero para investir e realizar seus sonhos!

Comece a investir em poucos minutos e tenha acesso a plataformas profissionais gratuitas, plataforma de ensino gratuita, melhor custo-benefício para trader e investidor.
Atendimento via WhatsApp com espera média e de apenas 8 segundos.

Canal de Denuncia

"*" indica campos obrigatórios

Passo 1 de 2

Quando? ( data ou período de ocorrência)
DD barra MM barra YYYY
DD barra MM barra YYYY
Para acompanhar o andamento de seu relato, você receberá um número de protocolo que lhe será fornecido após o registro do relato.
Agradecemos sua iniciativa e confiança. Caso queira, pode inserir seu e-mail, nome e telefone para que possamos entrar em contato

Coleta e uso de informações

Durante a utilização dos nossos serviços, podemos solicitar o fornecimento de algumas informações pessoais, que poderão ser utilizadas para a sua identificação ou para contato, respeitando sempre a sua privacidade. Caso deseje não receber e-mails comercias da CM Capital, entre em contato conosco através dos canais de atendimento.

Faça a sua denúncia

Por favor, preencha o formulário abaixo. A sua denúncia é totalmente anônima.